sábado, março 03, 2007

Teve um acidente horrível. Ficou estropiada. Depois de semanas no hospital voltou para casa. Entrou, viu o pai e a primeira coisa que disse saiu-lhe de rompante, incontrolado, quase aos berros: "Vou ser artista, padecer para sempre de dor, ser genial!". Olhou para o lado, mais sossegada, e sussurrou para ninguém o último rasgo já calmo daquele acesso de loucura: "morrer cedo...".


2 comentários:

Mother disse...

Estás a falar da Frida Kahlo?

Randomsailor disse...

O texto é ficção, mas de certo modo acertaste, a Frida Kahlo foi a inspiração. Por isso pode ser ela, como pode ser outra pessoa qualquer. :)

Obrigado pela passagem pelo blog, fica bem!