terça-feira, junho 12, 2007

Language

Num dos momentos mais belos do filme "Shortbus", o antigo Mayor de Nova York é perdoado com um beijo. Perdoado por representar o medo de uma década coberta por uma nuvem negra, por um pesadelo. O medo que nasce sempre com o desconhecido.

"Everybody knew so little then... I know even less, now."

Durante toda essa sequência, Scott Matthew (dono de vários temas da banda sonora e participante as one of the Shortbus House Band no filme) canta uma canção lindíssima de dor, preenchida por uma mágoa profunda e esquecida. Chama-se "Language". Pode ser ouvida aqui.

2 comentários:

Kraak/Peixinho disse...

Belo post e belo tema também. A cena do filme é bela também. Às vezes temos a sensação que sabemos muita coisa ou pelo menos mais que outras pessoas, mas eis que de repente ficamos com a noção que não sabemos é nada... ou melhor, menos do que supostamente pensávamos que sabíamos... A maturidade ou o passar dos tempos permite assumir esta posição e acho que isto, de alguma forma, é expressar o conhecimento. Ou quem sabe, a própria linguagem. :)

Hugzz sem linguagem

Randomsailor disse...

...:)