domingo, novembro 04, 2007

Wise me up, people

Back then, quando o tempo passava mais lentamente, o cabelo estava menos branco e havia muito futuro por acontecer, as vossas certezas e discurso seriam certamente diferentes. Eu, em poucas semanas, atingirei essa data emblemática do quarto de século, o vosso "back then".
Por isso proponho um quizz para animar o blog e para quem tiver paciência. Façam uma introspecção rápida, ou uma regressão lenta, aquilo que vocês quiserem. Tentem lembrar-se de como eram com 25 anos e escrevam:

- Uma certeza que tinham na altura e que hoje em dia discordam completamente.
- Uma certeza que continua convosco.
Certeza- Opinião forte e vincada sobre a vida, o universo e tudo mais; opinião de carácter permanente; definidor de personalidade

Muito obrigado pela contribuição. De certeza que vão iluminar os 365 dias que se me avizinham...;)

9 comentários:

Debbie Harry disse...

Uma certeza que tinha na altura e da qual hoje em dia discordo completamente:
-a melhor coisa da vida é viver ao sabor das paixões.
Substituída por:
-a melhor coisa da vida é viver ao sabor do que é melhor para mim e para os que me rodeiam.
Oh mas há tanta coisa. Do género "nunca me arrependo do que faço" (hoje em dia penso que sim, que o arrpendimento até faz parte do crescimento e ainda me falta tanto), e coisas relacionadas com a educação da minha filha, por exemplo. Uma pessoa tende a exagerar/menosprezar o que vem com o futuro, por ignorância do mesmo. É mesmo assim.
Uma certeza que continua comigo:
-a única forma de crescermos é quando somos pais/mães. O resto é paisagem e ego, ego, ego.
Os meus 25 foram há quatro anos, boa sorte para os teus!

EarthsWizard disse...

Quarto de século e um terço da nossa esperança media de vida.
Devo de dizer que não anseio em nada por esse dia, não me sinto preparado para dizer Tenho 1 quarto de século um quarto de cem, sem grandes esperanças para o futuro. E já deixei de acreditar que tudo muda e que nos sentimos mais "crescidos" no exacto momento em que fazemos anos.
Porém amigo navegante com um dia dia de avanço, vamos a isso já falta pouco. Dou noticias no dia seguinte para dizer o que mudou de antes e depois.

gonn1000 disse...

Então e quem (ainda) tem 25 anos, hein? Pensei que este fosse um blog dirigido a todos :P

Mas pronto, como também és escorpião (grande signo, muito incompreendido) desta vez passa...

provavelmente talisca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
provavelmente talisca disse...

Ena Marinheiro! Isto tem piada. Aqui vai, this one's from the hart

"Que nunca iria concordar com certas coisas que o meu pai dizia." - Há umas que continuo a não concordar, mas às vezes oiço-me dizer, o meu pai diz...

Que esta trampa toda pode funcionar. Que só não funciona porque não queremos e que apesar de ainda não sabermos bem como é que podemos fazê-la funcionar, tem que funcionar, que eu ainda quero ter putos que tenham uma terra que mereçam!

E a certeza de que é uma sorte, mesmo que depois disto, eu me converta em pó, sem mais nada, uma sorte poder ter tido espírito e poder ter partilhado este pedaço de tempo e de espaço com algumas pessoas maravilhosas e contigo, marinheiro. E isso vale todas as dores, todas as falhas do sistema, do meu sistema orgânico e do gajo que certa vez me roubou a carteira.

provavelmente talisca disse...

Heart, não hart... Porcaria dos teclados sujos e das mãos rápidas demais para os olhos que fazem a correcção...

Randomsailor disse...

Eh pá, chuiff, vocês levam-me às lágrimas! ;)

agora um por um:

debbie: muita coisa interessante que disseste, isso de só se crescer quando se é pai é um bocado brutal e estou disposto a conceder uma certa razão a essas palavras, por outro lado, como não sei se alguma vez terei filhos, confesso que me dá um gosto amargo na boca.. enfim, stuff...!:) Por outro lado, ouve-se muito a frase do "não me arrependo do que fiz" e tu vens e dizes o inverso: "hoje em dia penso que sim, que o arrpendimento até faz parte do crescimento". Eu por enquanto substituo essa frase por "aprender com os erros", mas se calhar nunca arrisquei demais e nunca bati verdadeiramente com a cabeça na parede... Muito obrigado, espero que os teus 29 estejam a ser especiais.

earthswizard: não acho que tudo vá mudar quando fizermos anos. Mas não há nada a fazer, 25 tem uma carga que agora só se repete aos 30!:P Enfim, viver para chegar ao dia seguinte... :) E tudo de bom para esse aniversário à beira mar!

Gonn, desculpa ter-te deixado mal, mas neste momento interessa-me a opinião das pessoas mais velhas...;) Quanto ao escorpião, percebo muito bem o que queres dizer, até já arranjei um escudo para quando oiço: " És escorpião? Ewhh!"

talisca: concordo contigo, por muita porcaria que nos rodeie e que nós façamos, vale MESMO a pena viver! :D Também é um prazer partilhar a vida contigo...;)

abraço grande a todos e obrigado pelos comentários! :D

Debbie Harry disse...

Enganei-me: queria dizer "há 3 anos", uma vez que faço 28 anos daqui a 16 dias e não 29. Também sou Escorpião:)

Randomsailor disse...

debbie, então segundo as minhas contas fazes anos um dia depois de mim! :)

e viva o mundo escorpionino! :P