segunda-feira, fevereiro 11, 2008

"Heaven knows, it's got to be this time"*

Lembrei-me de correr. Fugir de um sítio e ir atrás de outro. Correr para fora de nós próprios à espera de um ponto de chegada que seja outro eu.

Lembrei-me da Marie Antoinette da Kirsten Dunst a correr em direcção ao seu primeiro nascer do sol dos 18 anos. Da alegria e vontade em descer as escadas, em cair na relva. Do grito "So beautiful!" dito aos primeiros raios do sol.

De devermos momentos desses a nós próprios (com direito a frases feitas repetidas até ao infinito).

"Oh, I'll break them down, no mercy shown,
Heaven knows, it's got to be this time
Avenues all lined with trees,
Picture me and then you start watching,
Watching forever."*

E depois há um outro correr, muito mais carregado (mas não menos cinematográfico). Um correr em direcção à escuridão, vezes sem conta...


*Excerto da letra "Ceremony" dos New Order.

2 comentários:

Debbie Harry disse...

Adorei este filme.

Randomsailor disse...

Já somos dois! :)